sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

Receba

Receba... essa bela cajadada! (você também)

Estava pensando sobre as manifestações de sobrenatural que vi há um tempo...
E questionando, foram reais? Ao que me parece sim, estava presente, não ouvi de ninguém, eu mesma vi!
Foram legítimos? Se sim, como pode então não termos visto mais? Como pode até mesmo alguns que viveram esses sinais não estarem mais no meio da igreja? 
Achei uma resposta bem séria, profunda e que doeu na boca do estômago apesar de ser colocada de uma forma (num ritmo) bem descontraído...
Aos que se questionam também, convido a escutar, refletir e clamar pela misericórdia do Senhor!

  

Receba - Paulo César Baruk

Chorar na igreja e não clamar por almas
Cantar no templo e não amar a todo tempo
De nada vale, de nada valerá

Ganhar da graça e não pagar na praça
Viver da fé e não usar de boa fé
De nada vale, de nada vale

Esse mover que você pede é pra que?
O aquecer do coração é por que?
Nascer de novo e não viver o novo
De nada vale, de nada vale!

Esse poder que você quer é pra que? 

Essa unção que você quer, quer por que? É pra serviço ou pro seu benefício?
Responda isso
e então.

Receba! Toma da água da vida!
Beba! Da fonte que reaviva!
Perceba! Mais que falar é viver!
Perceba! O evangelho é viver!
Conhecimento e saber é pra que?
Autoridade e poder quer por que?
É pra serviço ou pro seu beneficio?

Responda isso e então

Receba! Toma da água da vida!
Beba! Da fonte que reaviva!
Perceba! Mais que falar é viver!
Perceba! O evangelho é viver!

Nenhum comentário:

Postar um comentário