quinta-feira, 31 de outubro de 2013

Halloween é festa cristã, então?



Era dia 31 de outubro de 1517 , que Martinho Lutero pregou suas 95 teses na porta da igreja em Wittenberg. Ele queria debater a venda de indulgências com seus colegas professores universitários. Ele escreveu em latim, mas as teses foram traduzidas para o alemão, e levadas para a imprensa, e permitiu que sua disseminação.

Por que o Halloween?

Claro que Lutero não estava brincando quando se aproximou da entrada da igreja em Wittenberg, mas é provável que não por acaso ele escolheu 31 de outubro. Há um outro ângulo para o Halloween que muitos não têm conhecimento mesmo cerca de 500 anos passados.A história de Halloween está envolta no mesmo mistério e confusão do feriado que é conhecida por celebrar. Alguns historiadores afirmam que a origem é realmente em festivais da colheita pré-cristãos, entre os pagãos, e que a ocasião foi posteriormente cristianizada quando o evangelho se espalhou pelo Império Romano, há quase dois milênios. Pode ser o caso de que as coisas começaram pagãs (como todos nós), mas pode ser que nós, cristãos, tenhamos deixado historiadores incrédulos obscurecerem as verdadeiras origens da festa de 31 de outubro.

"All Hallows 'Eve"
Uma coisa que está clara é da origem do nome e ela é cristã. O Halloween, em Inglês é a abreviação de " All Hallows ' Eve ", a noite anterior ao 01 de novembro, festa cristã de Todos os Santos (Hallows), que ao contrário do que muitos pensam ser uma celebração restrita à igreja católica, trata-se de um dia para lembrar e honrar a memória de todos os mártires e aqueles que em nossa história tiveram uma vida santa, devotada a Deus.


Quanto à "gostosuras ou travessuras", alguns afirmam que a celebração de "All Hallows 'Eve" pode ter se originado como tal ocasião para "fazer travessuras" com relação a Satanás, o mais arrogante dentre todas as criaturas, dando-lhe o que é mais ofensivo a sua arrogância: zombaria. Como Lutero dizia: " A melhor maneira de expulsar o diabo, se ele não vai ceder aos textos das Escrituras, é zombar e desprezar ele, pois ele não pode suportar o desprezo." Esse diabo orgulhoso.


Zombando do Diabo
Em seu livro "Concerning Halloween", James Jordan explica o raciocínio por trás disso : " para afastar Satanás de nós, o ridicularizamos". É por isso que surgiu o costume de retratar Satanás em um terno vermelho ridículo com chifres e uma cauda . (. . . )A idéia é ridicularizá-lo, porque ele perdeu a batalha com Jesus e ele não tem mais poder sobre nós. " Jordan continua... Assim, a derrota do mal e de poderes demoníacos está associada com o Halloween. Por esta razão, Martin Lutero afixou suas 95 desafios sobre as práticas perversas da Igreja no quadro de avisos na porta da capela de Wittenberg no Halloween. Ele escolheu o dia com cuidado, e desde então o Halloween também foi o Dia da Reforma Protestante.Quanto às crianças brincando de fantasiar-se "surgiu o costume de zombar do reino demoníaco ao vestir crianças com fantasias". De acordo com Jordan, a celebração do "All Hallows 'Eve" começou como "a brincadeira e ridicularização do paganismo pelo povo cristão", fato com o qual muitos historiadores tem problema, sem dúvida.


Famosa Primeira Tese

Indo além da data, e olhando para o que Lutero escreveu , vemos que a verdade de sua primeira tese poderia reverberar ao longo de sua vida, mesmo encontrando expressão em suas últimas palavras.
A primeira tese diz:
Quando nosso Senhor e Mestre Jesus Cristo disse: "Arrependei-vos ", Ele pretende que toda a vida dos fiéis fosse de arrependimento.
A vida cristã é feita do constante arrependimento. Pegar o caminho inverso do pecado e confiar na boa notícia de que Jesus salva os pecadores, não são meramente uma experiência inaugural, de uma só vez , mas a substância diária do cristianismo. O evangelho é para todos os dias e todos os momentos . O arrependimento é para ser contínua postura do cristão.


Famosas últimas palavras

Quase 30 anos depois, em 18 de fevereiro de 1546 , as últimas palavras de Lutero , escrita em um pedaço de papel , ecoou o tema humilde de sua primeira tese :

Nós somos mendigos! Isto é verdade.
Da primeira tese às últimas palavras, Lutero viveu ao pé da cruz, onde a nossa condição rebelde encontra-se com a beleza da graça abundante de Deus no evangelho de seu Filho, um evangelho profundo o suficiente para cobrir todas, pequenas e gigantescas, falhas de um mendigo como Lutero e mendigos como nós.




Para Todos os Santos
Por causa da graça de Deus e através de Lutero, 'All Hallows 'Eve" agora é tanto uma ocasião para chamar a atenção para o triunfo de Jesus sobre Satanás e seus anjos caídos, por meio de uma cruz sangrenta e de um túmulo vazio , bem como de um dia para agradecer a Deus , especialmente pelas Escrituras e as reformas iniciadas por santos imperfeitos como Lutero , Calvino, Zwinglio, e muitos visionários mais inomináveis.




Texto editado e traduzido por mim. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário